Seguro Automotivo: Quem paga mais caro em um seguro automotivo? Veja se você está nesse perfil!

O Seguro automotivo é algo de extremamente importância na vida de um motorista, ainda mais nos dias de hoje onde o trânsito se tornou um local hostil e a violência tem se tornado cada vez mais frequente em nossa sociedade.

Seja para a proteção quanto a furto ou acidentes, é preciso saber que os valores a serem pagos em um seguro nunca será o mesmo variando de pessoa para pessoa.

Há uma série de fatores que podem influenciar no valor que você paga no seu seguro, seja a sua idade, marca do veículo e afins.

Deste modo, este texto te mostrará alguns desses fatores e você poderá saber na hora de contratar um seguro se você irá pagar mais ou não.

Seguro Automotivo Quem paga mais caro em um seguro automotivo Veja se você está nesse perfil!

Quem paga mais caro em um seguro automotivo?

A uma série de mitos que são espalhados por aí em relação ao valor que cada sexo paga em um seguro automotivo. Mas uma verdade que podemos dizer é que mulheres no geral pagam menos em suas apólices de seguro.

Isso acontece em decorrência da cautela das mulheres ao volante, a maioria dos acidentes de trânsito no Brasil ocorrem com motoristas homens o que torna o seguro automotivo de 9 a 12 % mais barato para as mulheres.

Outro fator crucial para determinar o valor a se pagar em um seguro é a idade do motorista, onde pessoas com menos de 25 anos pagam mais em suas apólices.

Tal fator se dá pelas seguradas considerarem motorista na faixa de 18 a 25 anos inexperientes e com mais probabilidades de sofrerem acidentes.

Entretanto, se você for uma pessoa mais velha, mas possuir filhos com essa faixa etária, saiba que você também pagará um valor mais alto pelo seu seguro automotivo.

Com esses dados já é possível saber se você pagará a mais ou não no seu seguro, uma vez sendo homem e com menos de 25 anos com toda certeza o seu valor de pagamento será mais alto.

Outros fatores que interferem no preço do seguro automotivo

Fora o fator gênero e idade do motorista existem outra série de fatores que podem interferir no valor que você pagará pelo o seu seguro automotivo, esses são:

1.      Finalidade do veículo

A finalidade a qual você destina o seu veículo também irá interferir no valor a ser pago no seguro do seu automóvel.

Se a finalidade do mesmo é apenas para uso pessoal, como ir trabalhar, levar as crianças na escola, fazer compras e afins o valor com toda certeza é mais baixo.

Porém, se você destinar o seu veículo para um uso comercial como carregar cargas, funcionários ou qualquer outra função dentro da sua empresa, o valor a ser pago no seu seguro automotivo será maior.

2.      Seu estado civil

Pessoas casadas tendem a pagar menos nos seus seguros automotivos, isso por que as seguras consideram que pessoas comprometidas tendem a ter uma vida social menos agitadas que as solteiras, por exemplo.

Deste modo elas utilizam o carro para passeios mais regulares e diurnos e possuem e com menos probabilidades de dirigirem alcoolizadas.

3.      A periculosidade do local onde você reside

Se você reside em um local muito perigoso, onde a incidência de violência é maior, saiba que isso irá interferir no seu seguro automotivo.

Quanto mais perigosa a região da sua residência, mais a sua seguradora acredita que seu veículo poderá sofrer com furto.

4.      Se você costuma pagar estacionamento

Isso mesmo, até seus hábitos de pagar ou não estacionamento para guardar o seu carro enquanto trabalha irá interferir no valor do seu seguro.

Caso você não tenha esse costume, talvez seja hora de começar a pagar, pois além de desconto no seu seguro automotivo essa é uma prática muito mais segura.

5.      A idade do seu carro

A idade do carro também interfere no valor do seu seguro automotivo, quanto mais velho o carro, maior o valor a ser pago.

Isso acontece, pois, carros com idade avançada tendem a ter mais problemas mecânicos do que os novos.

Carros importados também sofrem com isso, sendo que muitas seguradoras as vezes nem aceitam fazer apólices de carros deste tipo em decorrência do alto valor de conserto.

É preciso ter em mente também que tais valores e fatores podem variar de seguradora para seguradora, não sendo uma regra fixa.

O importante é você nunca abrir mão de um seguro para o seu carro, pois além de maior segurança para você, em caso de roubo ou problema mecânico você não ficará totalmente desamparado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *